Gerais, Notícias › 19/06/2018

Imagem de Nossa Senhora das Mercês visita presídio na Espanha

Espanha – Córdoba (Segunda-feira, 18-06-2018, Gaudium PressPor ocasião dos 800 anos da findação da Ordem Mercedária, a imagem de Nossa Senhora das Mercês visitou o Presídio de Córdoba, na Espanha. A imagem foi levada ao local por voluntários da Pastoral Carcerária, sendo recebida e venerada por 200 presos logo no início da manhã do dia 16.

A preparação para a visita da imagem contou com catequeses ministradas pelos membros da Pastoral Carcerária. Dentre os temas dessas catequeses estavam os principais dogmas marianos e uma aula específica sobre a invocação de Nossa Senhora das Mercês.

Os internos trabalharam ao longo dos últimos meses a fim de preparar a chegada da imagem da Mãe de Deus, tendo inclusive composto um hino, junto ao Padre José Antonio Rojas, para este histórico encontro.

O Bispo de Córdoba, Dom Demetrio Fernández, presidiu uma Santa Missa no local, que contou com a concelebração dos capelães da Prisão, o diretor da Pastoral Penitenciária e o diretor espiritual da Irmandade.

Durante sua homilia, o prelado utilizou o Evangelho do dia, que falava sobre amar a Deus e ao próximo, para exortar os internos a exercitarem o amor de Deus durante toda a vida. “A pessoa que tem a Deus como Pai, se aproxima dEle, reza, louva e lhe pede perdão pelas coisas que tenha feito mal, porque somos todos pecadores”, indicou.

Sobre a visita da imagem de Nossa Senhora das Mercês ao centro penitenciário, Dom Demetrio Fernández manifestou que ela “vem para que se faça realidade neste lugar a redenção de Jesus Cristo, tal como o apresenta o Evangelho; vem trazer a liberdade do espírito. Ela deseja que sejais livres e que os unais a uma nova vida; por isso, vem até este centro penitenciário para recordar-vos que aqui podeis alcançar uma nova vida que é a de vosso espírito”.

Dom Fernández convidou aos presentes para que recebam o perdão de Deus através dos sacerdotes e a sentir o consolo de uma Mãe que sempre está com todos, “seja no módulo que seja. Que ela vos conceda a liberdade interior e que não passe um dia no qual não acudais à Nossa Senhora”.

O prelado concluiu seu sermão agradecendo ao trabalho desenvolvido pela ordem mercedária na cidade com os presidiários. Ao término da Missa os internos puderam oscular a imagem e fazer os seus pedidos à Mãe de Deus. (EPC)

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.